Outros temas

Dia das Mães

Dia das Mães!

“Ser mãe é padecer num paraíso”

Acredito que muitos de nós já tenhamos escutado tal frase em algum momento na vida, mas sua origem, vem do momento que São Pedro amparava Maria no momento da via sacra, quando a Virgem Maria abraçou seu filho completamente ensanguentado e lhe limpou a face com o que viria se tornar o Santo Sudário. Sua frase, revela que com toda preocupação que as mães têm com seus filhos, ainda assim, experimenta-se o Éden na Terra.

No final do século IXX, o poeta Coelho Neto se apropriou da frase e fez um poema sobre maternidade:

“Ser mãe é desdobrar fibra por fibra o coração! Ser mãe é ter no alheio lábio que suga, o pedestal do seio, onde a vida, onde o amor, cantando, vibra.

Ser mãe é ser um anjo que se libra sobre um berço dormindo! É ser anseio, é ser temeridade, é ser receio, é ser força que os males equilibra!

Todo o bem que a mãe goza é bem do filho, espelho em que se mira afortunada. Luz que lhe põe nos olhos novo brilho!

Ser mãe é andar chorando num sorriso!
Ser mãe é ter um mundo e não ter nada!
Ser mãe é padecer num paraíso!”
Mb1
Nenhuma frase, texto ou livro poderá definir e entender completamente o mistério e as nuances do amor materno que está contido nos gestos, cuidados, dedicação e alegria total.

Mãe é algo tão único e iluminado, que merece um dia só para ela!
É aquela pessoa com cheiro único, que acorda no meio da madrugada para acender a luz do corredor quando temos medo de escuro.
Que nos conta histórias antes de dormir, nos carrega do sofá quando caímos no sono, e acordamos na manhã seguinte em nossa cama, como se tivéssemos magicamente sido transportados de um lugar para outro!
Mãe acolhe com abraço apertado quando algo vai mal.
Mãe é empresária, mulher de negócios, é motorista, vira psicóloga. Escuta todos os nossos problemas, se torna enfermeira que com um beijo mágico é capaz de sarar qualquer machucado.
Mãe é esposa, é chef de cozinha, é despertador, é babá e melhor amiga.

Ela poderá não estar no seu melhor dia. E certamente, um dia já não esteve.
Mas ali estava para você. Escutando, ajudando, acolhendo, entendendo, questionando para que te fizesse chegar ao limite e se descobrisse cada vez mais forte.

Mb2
Como disse Clarice Lispector: “Tenho que me apressar, o tempo urge. Não posso perder um minuto do tempo que faz minha vida. Amar os outros é a única salvação individual que conheço: ninguém estará perdido se der amor e às vezes receber amor em troca […].”

À todas as mães, um feliz dia da mãe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Nossas Linhas