Outros temas

Década de 20: os loucos anos da era do jazz

Não tem quem não goste de O Cravo e a Rosa, novela da Globo que está reprisando (pela segunda vez) no Vale a Pena ver de Novo. A trama se passa na década de 20 e todas nós somos apaixonadas pelos modelitos de Catarina Batista! Então, que tal viajarmos um pouquinho até lá? 
Os anos 20 foram a época do Jazz, que trazia danças coladas de cabarés e melindrosas, traduzindo um comportamento e modo de vestir nas roupas e trejeitos de artistas famosas como Glória Swanson e Mary Pickford, pois a sociedade, além da ópera ou do teatro, também frequentava cinematógrafos, que exibiam os filmes de Hollywood.
Foi nessa época que a mulher ficou livre dos espartilhos. Os vestidos ficaram mais curtos e com braços e costas à mostra. O tecido predominante era a seda e as meias eram em tons de bege. Na maquiagem, os olhos eram bem pintados, as sobrancelhas retiradas e delineadas a lápis e os lábios pintados de carmim.
Quanto aos acessórios, o chapéu passou a ser usado apenas de dia e o modelo mais popular era o cloche, perfeito para aquelas que tinham o cabelo curtinho. Já a bolsa dominate na época era o estilo carteira, tanto para o dia como para noite.
E os sapatos? Ah, eles se caracterizavam por linhas geométricas, com tiras que se prendiam no peito do pé, recortes, cortes e aberturas, combinando com saltos, médios ou altos, mas nunca finos.
Gostou da moda na década de 20? 
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Nossas Linhas